Reportagem

Reportagem sobre a HOTUP no jornal Gazeta de Palmeira, de 27/11/2004.
(2,5 MB em formato PDF - faça o download gratuito do Adobe® Reader®).

Cooperativa Witmarsum

Pequenas e médias empresas com necessidades de otimização dos recursos de informática e redução de custos integram a maior parte da carteira de clientes da Hotup. Um desses clientes é a Cooperativa Witmarsum, que em 2002 migrou todo o seu sistema de informática para a plataforma Linux. Com isto, segundo atesta Prêntice Balthazar Junior, gerente administrativo/financeiro da empresa, foi possível uma economia de R$ 150 mil apenas com o pagamento de registros para utilização de software licenciado. A migração de Windows para Linux não apresentou traumas, de acordo com Balthazar, embora algumas resistências iniciais de usuários.

Porém, a segurança proporcionada com a mudança de plataforma compensou qualquer motivo de insatisfação. "Não tivemos mais casos de contaminação por vírus, temos um servidor para todas as 53 máquinas, dispomos de backup diário dos dados, temos controle de acesso à Internet e diminuímos sensivelmente os custos de manutenção e de substituição de máquinas" enumera o diretor da Cooperativa Witmarsum. No entanto, para Balthazar uma das grandes vantagens proporcionadas pela Hotup é o suporte on-line. "Sempre atenderam nossas solicitações com rapidez e isto nos dá satisfação total com a empresa", afirma Balthazar.

Mega Informática

A Mega Informática, de Curitiba, é outra empresa satisfeita com os produtos e serviços da Hotup. Nilson Gugelmin Filho, diretor da empresa, diz que utiliza os servidores firewall e proxy. "É uma solução tão eficaz que nem sinto que estou usando", afirma Gugelmin. Ele salienta que trabalha com Windows e a compatibilidade com os produtos da Hotup está "além do esperado". Outro fato positivo que ressalta é que com o controle de acessos pode corrigir distorções no uso da Internet.

Associação Comunitária dos Moradores Proprietários de Witmarsum

A Associação Comunitária dos Moradores Proprietários de Witmarsum encomendou à Hotup um projeto de Servidor LTSP, o que permitiu o aproveitamento de microcomputadores antigos no Colégio Fritz Kliewer, em Witmarsum. A solução apresentada pela Hotup proporcionou economia e tornou as máquinas, antes consideradas obsoletas, eficientes e úteis, mesmo após tanto tempo de uso.

LTSP é uma técnica que permite compartilhar o poder de processamento de uma máquina com diversas outras. Assim, um único servidor, com um processador rápido, muita memória e espaço em disco pode atender a diversas máquinas ligadas em rede. Estas máquinas, que são os terminais, podem ser máquinas de baixo poder de processamento (máquinas antigas, como um Pentium 100MHz), e não necessitam de disco rígido (HD).


© 2017 HOTUP